Discussões

Trabalhar em Equipe

Trabalhar em Equipe, ou melhor dizendo, saber trabalhar em equipe, é uma das principais exigências para os profissionais da atualidade. Além de conhecimento e também da competência emocional, um dos requisitos básicos para o profissional que quer obter sucesso é saber cooperar com seu grupo, discutir, aceitar e compartilhar ideias, ou seja, agir conjuntamente para atingir objetivos comuns, o que não é nem um pouco simples.

Trabalhar em equipe, acima de tudo, exige cuidados e, principalmente, a habilidade de se relacionar com pessoas e aceitar as diferenças (em amplos aspectos). Quando falamos em trabalho em equipe, não estamos nos referindo apenas ao conhecimento e a contribuição que cada indivíduo dará a sua organização (onde esses diversos conhecimentos se complementam), mas, especialmente, de pessoas convivendo, abrindo mão de seus pensamentos, experienciando e enfrentando novas sensações e situações estranhas a si, dificuldades (entre inúmeros outros fatores), e, acima de tudo, se respeitando.

Essa temática (trabalho em equipe) é nova e requer estudos. Devemos aprender muito e nos aprofundarmos em torno desse assunto que é tão relevante no meio profissional. Percebo que ainda existe muita dúvida acerca do que é uma equipe de trabalho, seu funcionamento e, especialmente, dúvidas acerca de como desenvolver equipes de trabalho. Certamente, não há receita. Cada organização deverá traçar suas metas e planejar um caminho e suas estratégias para transformar seu grupo em uma equipe. Afinal, não é por acaso que hoje se fala tanto em “equipes” e se solicita tanto profissionais que saibam trabalhar e coordenar equipes. No meu entendimento, há nessa forma de trabalho benefícios e ganhos (organizacionais – coletivos, bem como pessoais – individuais). E com isso, para suscitar uma reflexão em torno da temática resolvi trazer uma fábula.

Parece simples… Mas, esse exemplo ilustra um pouco da árdua tarefa de realizar um trabalho em equipe! Leiam… E deixem seus comentários!

A Fábula do Porco-espinho.

“Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente. Porém, os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor.
Por isso decidiram se afastar uns dos outros e começaram de novo a morrer congelados.
Então precisaram fazer uma escolha: ou desapareciam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros.

Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos.
Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com o outro ser – muito próximo – podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.
E assim sobreviveram.”

Moral da História

O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e admirar suas qualidades.

 

Categorias:
Textos Gerais

Assuntos:

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Nome e email são campos obrigatórios.

Todos os comentários do site são moderados previamente.